“Me diga o que quer e direi qual deve usar”

Muitos ainda perguntam “o que é Revit?”, “o que é BIM?”, alguns já respondem com outra pergunta dizendo “é igual AutoCAD?”

revitOuAutocad

Normalmente a minha resposta é a seguinte:

O Revit é apenas uma ferramenta dentro do ciclo produtivo que aplicado ao conceito BIM muda completamente a forma que os processos são feitos hoje. A transição entre uma etapa e outra deixa de ser manual e passa a ser automática. Exemplo: No processo atual o quantitativo é gerado de forma demorada, durante uma análise constante dos projetos impressos ou digitais o profissional registra os dados extraídos de forma manual, contando apenas com sua experiência e cuidado na determinação dos valores. Com a utilização de ferramentas que compõem o conceito BIM, poderemos com no máximo três cliques extrair todo o quantitativo necessário e apenas exportar para um programa de orçamentos.

Após essa explicação resumida, incluindo um exemplo de fácil entendimento, apresento um outro exemplo agora me referindo ao AutoCAD:

     Quando você faz um retângulo e coloca uma seta no meio indicando  “8%”, você e outras pessoas que estão lendo o projeto chamam de “Rampa”, mas isso não é uma rampa, é apenas uma representação gráfica que proporciona uma visão limitada (2d) de uma rampa, isso é passivo de erros. No Revit teremos uma ferramenta rampa, que proporciona condições de construí-la digitalmente como me passa total precisão de onde inicia e onde acaba, podendo vê-la por diversos ângulos e tendo a certeza que ela pode ser executada sem conflitos.

rampa_caderevit

Quando se compara Auto CAD com Revit caímos em um ponto fundamental, não é possível comparar, são coisas diferentes.

Me diga o resultado que quer e direi qual programa usar. Se você apenas quer com um grupo de linhas, representar graficamente um projeto e com isso se ter uma ideia do que será executado na obra, você poderá usar o AutoCAD; mas sem duvida terá conflitos com os diversos projetos que foram feitos e com as informações que foram geradas de forma “cega”, agora, se você se propõe a construir o protótipo da edificação de forma digital, observando todas as possibilidades e conflitos gerados, do arquitetônico e com projetos dos outros profissionais, podendo assim evitar perda de tempo e de material na obra. Sem dúvida será melhor usar o Revit.

Mesmo que seu conhecimento em Revit seja pouco diante do que conhece que é possível com o BIM, inicie e aos poucos vá buscando informações e melhorando o desempenho com as ferramentas.
Ótimos projetos!

Fabio Guisso
Sócio/Fundador da Multi Núcleo – Treinamentos Integrados

Leia Mais

Palestras BIM – Primeiros Passos

Palestras BIM – Primeiros Passos

No dia 28 de Fevereiro de 2018 tivemos o primeiro evento do ciclo de palestras que é o Mundo BIM. Intitulado como BIM: Primeiros Passos, o evento contou com diversos participantes entre alunos e profissionais da área. Além de palestrantes que abordaram informações...

ler mais
A Importância da Decoração

A Importância da Decoração

Qual a função do decorador? O Decorador é o profissional que, através de formação técnica específica, consegue interpretar as suas necessidades, solicitações e sonhos, concretizando de forma adequada, agradável e de conformidade com custos que você pode...

ler mais
Livro – Sketchup Aplicado ao Projeto Arquitetônico

Livro – Sketchup Aplicado ao Projeto Arquitetônico

O SketchUp é o software de modelagem tridimensional mais acessível e versátil disponível no mercado. Tanto na sua versão gratuita quanto na versão profissional (paga), o usuário encontrará um poderoso instrumento auxiliar para criação, desenvolvimento e...

ler mais