O Dynamo é uma ferramenta de código aberto, portanto gratuita, desenvolvida para estender as funcionalidades do Autodesk Revit. Nas versões mais recentes do Revit a instalação do Dynamo é automática, mas também está disponível para download em DynamoBIM.org.

Essencialmente, o Dynamo é uma ferramenta de programação que usa uma estrutura chamada de “programação visual”. Com a programação visual, o usuário pode “montar” suas próprias aplicações, mesmo sem possuir conhecimento em linguagens de programação.

Com isso, o Dynamo pode ser utilizado em diversas aplicações sejam automatização de tarefas repetitivas, interações com o modelo do Revit, ou para criação de modelos a partir de regras complexas ou de dados externos.

Criar uma aplicação em Dynamo, também chamada de rotina, é basicamente a montagem de uma sequência de tarefas a serem executadas.

Cada tarefa pode ser entendida como um comando do próprio Revit, mas também pode ser uma operação matemática ou qualquer outro recurso pré-programado, nativo ou não. Ou seja, uma tarefa pode ser alterar o valor de um parâmetro de um elemento, selecionar objetos, comparar valores, ler e escrever planilhas de Excel, criar e apagar objetos no modelo, etc.

Cada tarefa individual recebe o nome de “nó”. Ao conectar os nós necessários, o usuário cria uma sequência lógica que pode ser executada automaticamente enquanto o usuário trabalha no Revit ou através de um clique.

2017-07-10_15-22-16 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

A interface do Dynamo é bastante simples. Basicamente há uma biblioteca de nós, uma área de trabalho e um menu de execução, conforme mostra a figura abaixo:

2-3 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

Para ilustrar como o Dynamo funciona, vamos fazer um exemplo bem simples: queremos ler o valor de um parâmetro de um elemento do modelo. Nada mais será feito, somente a leitura (confira outras postagens e e-books para ver exemplos práticos).

O primeiro passo é informar ao Dynamo de qual elemento do modelo que você pretende ler o parâmetro. Para isso, vamos procurar na biblioteca por um nó chamado Select Model Element (“selecione um elemento do modelo”):

3-5 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

Ao clicar no item da biblioteca, o nó irá para a área de trabalho do Dynamo. Perceba que este nó possui um botão de seleção. Clique em Select e depois selecione um elemento do modelo, no Revit.

4-2 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

O passo seguinte é incluir o nó “ParameterByName” na área de trabalho. Este nó faz a leitura de parâmetros do elemento, dado o nome do parâmetro e o elemento.

5-3 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

Note que este nó possui três campos: “element”, “name” e “Parameter“. Por padrão, os nós do Dynamo funcionam da seguinte forma: os campos que estiverem do lado esquerdo do nó representam um dado de entrada, e os campos do lado direito representam um dado de saída.

Para que o nó ParameterByName funcione, precisamos passar para ele o elemento e o nome do parâmetro a ser lido. O elemento a ser lido está disponível no primeiro nó que inserimos, precisamos agora informar o nome do parâmetro. Neste caso, vamos usar um nó chamado “String”, que nada mais é do que um espaço para digitarmos qualquer texto. Depois disso, basta ligar os nós, clicando na saída e depois na entrada correspondente:

6-2 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

Observe na figura acima que o valor BL.1 é o valor procurado. Este dado pode agora ser usado em outros nós da rotina, caso seja necessário.

Para que o nó ParameterByName funcione, precisamos passar para ele o elemento e o nome do parâmetro a ser lido. O elemento a ser lido está disponível no primeiro nó que inserimos, precisamos agora informar o nome do parâmetro. Neste caso, vamos usar um nó chamado “String”, que nada mais é do que um espaço para digitarmos qualquer texto. Depois disso, basta ligar os nós, clicando na saída e depois na entrada correspondente:

7-2 Conheça a ferramenta Dynamo da Autodesk e saiba como funciona

Informações adicionais

Para aqueles que gostam de se aventurar em novas tecnologias, seguem algumas dicas para começar:

– Assistir aos vídeos tutoriais introdutórios que estão disponíveis no site do programa, DynamoBIM.org.

– Fazer pequenas rotinas com os nós nativos do Dynamo, para executar tarefas simples como manipular os parâmetros dos objetos do Revit.

– Trabalhar com planilhas Excel para exportar dados e manipular o modelo do Revit.

– Explorar pacotes adicionais, que são desenvolvidos e disponibilizados por outros usuários.

– Desenvolver os próprios nós, para manipular informações provenientes de outros nós e resolver problemas que não podem ser resolvidos com os nós existentes.

 

Assista a esse vídeo da Autodesk explicando um pouco mais sobre o Dynamo e o BIM:

Fonte:
Vídeo – Autodesk Building Solutions
Texto – Frazillio Ferrone