Lendo esse texto que conta um pouco da história da academia Smart Fit, observei que, além de todo o esforço do Edgar Corona, a escolha do arquiteto e a decisão do projeto direcionado ao público, atendendo as necessidades e até mesmo surpreendendo o mesmo, foi fundamental para o sucesso da rede de academias.
O bom preparo do profissional de arquitetura somado à percepção do contratante para a valorização do trabalho desenvolvido, sem dúvida resultará em uma superação de expectativas dos clientes/usuários do negócio.

COMO UMA ACADEMIA FALIDA DEU ORIGEM À SMART FIT

Formado em engenharia química, Edgard Corona começou a empreender na faculdade, montando uma confecção com alguns colegas. Depois de formado, foi trabalhar na usina de açúcar da família, no interior de São Paulo. “Quando entrou a terceira geração da família, todo mundo brigou e me colocaram para fora. Graças a isso, não convivo com a família e resolvi montar meu negócio”, diz. O empreendedor participou da VI Virada Empreendedora, que acontece em São Paulo.

O ramo escolhido foi totalmente diferente dos outros dois: uma academia de ginástica. Mas, ao contrário do sucesso das redes Bio Ritmo e Smart Fit, a primeira unidade foi um fracasso. “Montamos tudo errado: endereço errado, arquiteto errado, e o negócio não deu certo”, diz. Prestes a falir, Corona teve a chance de recomeçar com uma nova unidade na Avenida Paulista, em São Paulo. “Tentamos mirar um pouco no cliente e fizemos diferente, com uma arquitetura legal, mudando conceitos da academia com foco na experiência do cliente”, diz. Da iluminação aos vestiários, tudo foi pensado para conquistar o exercício.

O próximo passo foi mudar o processo de vendas, oferecendo um pacote de treinos curtos e constantes, que aumentasse a retenção dos clientes. Mas, foi em 2008, durante um evento de academias nos Estados Unidos que Corona desenvolveu sua ideia mais inovadora, a Smart Fit. “O mercado americano tinha um modelo de negócios na faixa dos US$ 20. No Brasil, tínhamos academias muito baratas e ruins ou caras. Não se olhava para o cliente. Começamos a fazer e faltou dinheiro. Conseguimos um aporte do fundo Pátria e tivemos o maior crescimento orgânico do mundo em academia: 1 milhão de clientes de 2009 para cá e de 70 a 80 clubes por ano”, diz.

Hoje, a Smart Fit é a maior rede de academias do Brasil, do México e da América Latina, com 320 unidades. “Colocamos 500 mil pessoas que nunca tinham feiro atividade física na academia. Só se consegue isso quando horizontaliza processo de gestão. O importante é construir um negócio com significado, influência e poder para a equipe”, afirma.

Todos os dias, a equipe faz uma reunião rápida pela manhã e, segundo Corona, até a hora do almoço todos os funcionários sabem o que foi dito. “O chefe não chega na reunião e fala vamos fazer isso. Ele pergunta a opinião de cada um sobre como resolve. A equipe inteira constrói junto a solução. A gente nunca comemora uma vitória, porque precisa ser inconformado porque as vantagens competitivas são transitórias”, diz.

Inconformado, Corona foi além de oferecer exercícios físicos e hoje a Smart Fit oferece aos alunos desde uma coleção exclusiva de roupas até uma assinatura mensal para bebidas energizantes ilimitadas nas unidades. “A gente testa. Não tenha medo de tentar fazer. Faça. Não dá para ficar parado com tantas mudanças”, diz.

fonte: PEGN

Leia Mais

Termos e definições BIM que você precisa saber!

Termos e definições BIM que você precisa saber!

Parte 01                                                               AEC - Arquitetura, Engenharia e Construção Termo bastante utilizado para se referir as áreas de arquitetura, engenharia e construção. BIM - Building Information Modeling Modelagem da Informação da...

ler mais
Em homenagem ao Dia Mundial do Urbanismo

Em homenagem ao Dia Mundial do Urbanismo

Em homenagem ao Dia Mundial do Urbanismo, apresentamos para você uma incrível ferramenta da Autodesk: o Infraworks. O Infraworks é uma ferramenta que possibilita a compreensão do projeto ainda em fase inicial, permitindo a visualização em 3D, torna-se mais claro o...

ler mais
A Obrigatoriedade do BIM em obras públicas na Espanha

A Obrigatoriedade do BIM em obras públicas na Espanha

Nos dias 8 e 9 de março aconteceu em Barcelona a European BIM Summit, um congresso internacional que ocorre anualmente sobre o BIM (Building Information Modeling) com a finalidade de propagar boas práticas para o uso do BIM, bem como o uso compartilhado de métodos e o...

ler mais